Cantinho da Língua Portuguesa


Erros comuns - parte II

Olá, amigos, estou de volta para o nosso Cantinho da Língua Portuguesa.Alegre

Continuaremos tratando do mesmo assunto do tópico anterior, ou seja, sobre os erros mais comuns em Língua Portuguesa, segundo a norma culta.

Suas expectativas vão ao encontro das minhas / Suas expectativas vão de encontro às minhas.  

O correto é ... : bem, vai depender do que você quer dizer. 

“Ao encontro” significa “ir em direção a”, “ser favorável a”, “concordar com”.

“ De encontro” significa “chocar-se com”, “ser contrário a”, “discordar de”.

Assim,se suas expectativas são favoráveis às minhas, se concordamos com elas, deveremos dizer: Suas expectativas vão ao encontro das minhas

Porém, se suas expectativas são contrárias às minhas, se não somos concordantes em relação a elas, devemos dizer: Suas expectativas vão de encontro às minhas.

Vamos tratar tratar agora de alguns vícios de linguagem, algumas redundâncias que nada acrescentam ao texto, devendo ser evitados:

  • Elo de ligação. Para que usamos "de ligação", se todos os elos são de ligação? Correto: "Existe um elo entre as disciplinas do curso"
  • Há anos atrás. O verbo haver, no sentido de tempo, já traz com ele a ideia de tempo passado, decorrido, não devendo ser usada a palavra "atrás".  Correto: "Há anos eu já previa esse acontecimento"
  • Anexo junto. Não tem como você enviar um anexo separado, a não ser que você se esqueça dele. Assim, nada de usar "Anexamos junto todo o material do curso". Correto: "Anexamos todo o material do curso" ou "Anexamos o material do curso".
  • Todos foram unânimes em discordar da decisão. Unanimidade significa totalidade, ou se usa "todos" ou se usa "unanimidade" ou correlatos. "Todos discordaram da decisão". "Houve unanimidade contra a decisão". "Os funcionários foram unânimes em discordar da decisão" ou outras frases parecidas.

Pronto, por hoje chega. Logo voltaremos a nos encontrar.

Abraços

Josemari



- Escrito por Josemari às 20:11
[   ] [ Envie este post! ] [ ]





Há ou A?

HÁ (verbo haver) ou A (preposição)?

 

Há muitas dúvidas em relação ao emprego dessas duas palavras; o uso incorreto do A (preposição) no lugar de (do verbo haver) é o que mais pode ser observado.

 

Para explicar, de maneira simples, o emprego do A e do , temos o seguinte

 

¾ Indica tempo decorrido, passado. Pode ser substituído por Faz (do verbo Fazer, no sentido de tempo decorrido, passado).

·         O aluno saiu da sala de aula há (faz) dois minutos.

·         Eu não o via há (faz) muito tempo.

 

Obs.: com o verbo Haver no sentido de tempo decorrido, passado, não use o advérbio atrás, pois assim se produz uma redundância, um pleonasmo como: “Eu nasci dez mil anos atrás” – O Raulzito que me perdoe! O correto é dizer: Eu nasci dez mil anos.

 

 

A ¾ Preposição, indica tempo futuro.

·       Ele chegará daqui a duas semanas.

·       Daqui a pouco estaremos em casa.

 

A ¾ Idéia de distância e na expressão a tempo

·            A cidade fica a 20 km daqui.

·            Estamos a cinco minutos de onde ocorreu o acidente.

·       Não chegaremos a tempo de ver o espetáculo

 

Dica: dentro do que estamos analisando, se houver dúvida, use o A quando a substituição por Faz não tiver sentido.

 

 

 

Por enquanto, é isso! Uma boa semana a todos.Jóia

Josemari



- Escrito por Josemari às 20:49
[   ] [ Envie este post! ] [ ]





Eu ou mim?

Muitas pessoas se confundem e acabam trocando o "eu" por "mim" na construção de frases, não é mesmo?

 

 Por exemplo: "Não traga problemas para mim resolver no final do dia." Aqui temos o uso incorreto do pronome "mim", mas por quê? 

 

 

Pela gramática normativa, a construção da frase está incorreta porque mim não é sujeito do infinitivo resolver. Nesse caso a construção correta é: "Não traga problemas para eu resolver no final do dia. "

 

  Mas vamos simplificar, você deve usar:

 "para eu" quando após essa expressão vier um verbo no infinitivo (por exemplo: falar, escrever, imprimir, etc);

"para mim" quando após essa expressão não vier um verbo no infinitivo.

            

             "Não traga problemas para eu resolver no final do dia." (Após o "para eu" vem um verbo no infinitivo: "resolver")

             "Não traga problemas para mim, pois já estamos no final do dia". (Após o "para mim" não aparece verbo no infinitivo)       

 

 Mas, atenção para não haver confusão com frases invertidas: 

 

frase invertida: "Para eu viajar no final do ano, você deve estar com as pendências resolvidas." ("Você deve estar com as pendências resolvidas, para eu viajar no final do ano")

 frase invertida: "Para mim, estar em reunião com amigos é motivo de alegria."  ("Estar em reunião com amigos é motivo de alegria para mim")

                               Observe que, nesse exemplo, o "para mim" é complemento de "alegria" e não sujeito do "verbo estar", portanto não podemos usar o "para eu", certo?. Tente entender as funções das palavras nas frases e não se estresse!!

 

Entre Mim

 

 

 A preposição "entre" pede sempre a forma oblíqua "mim". Portanto, devemos proceder da seguinte forma:

 

"Nunca houve desentendimento entre mim e você."  (Incorreto dizer: "Nunca houve desentendimento entre eu e você" em frase direta ou invertida)

 

"Assim fica tudo resolvido entre ele e mim." (Incorreto dizer: "Assim fica tudo resolvido entre ele e eu" em frase direta ou invertida).

 

 Qualquer dúvida, podem me escrever e, por favor, divulguem meu site entre seus amigos. Um abraço. Josemari



- Escrito por Josemari às 21:22
[   ] [ Envie este post! ] [ ]



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Perfil - Menu


Josemari Martos
BRASIL,Mulher

Olá, meu nome é Josemari Martos, sou mestre em Comunicação Social, Especialista em Língua Portuguesa, professora universitária e ministro aulas em empresas. Criei este blog para tratar, de forma clara, as dúvidas frequentes em Língua Portuguesa e assim poder contribuir com os autores de qualquer tipo de texto.

Descrição do Blog:
Este blog foi criado para tratar, de forma simples e clara, as dúvidas mais frequentes da Língua Portuguesa.

Histórico

    Categorias
    -  Todas as Categorias
    -   Dicas

    Links
    -   Site de trabalho de Josemari Martos: Revisão e Produção de Textos
    -   Curriculo Lattes de Josemari Martos
    -   Categoria - Dicas
    -   Categoria - Citações
    -   Categoria - Links
    -   Categoria - Avaliações
    -   Categoria - Eventos

    Indique este blog

    Cadastre
     


    Layout por:
    Laryssa M. Palhares